Votação do PLP 257 é adiada e ASPRA – PE comemora: não fugimos á luta

02/08/2016 22:00

 

Filhos que não fogem à luta pelo Brasil e o resultado não poderia ser melhor: a votação do PLP 257 foi mais uma vez adiada. Em dois dias de atividades ininterruptas em Brasília (DF), os diretores da Associação de Praças de Pernambuco (ASPRA – PE) mais uma vez mostram que a união faz a força e é fundamental a participação das entidades representativas. Mesmo após serem agredidos, barrados em todas as entradas do Congresso Nacional, José Roberto Vieira e Luciano Falcão, não desistiram.

Graças ao conhecimento adquirido nesses anos de associação, eles conseguiram entrar na Câmara dos Deputados, visitaram gabinetes de parlamentares,abordaram deputados pelos corredores, participaram de reuniões com outras categorias e foram incansáveis. Valeu à pena cada minuto do dia de hoje. “Conversamos com os deputados Eduardo Bolsonaro, Jandira Feghali, Daniel Coelho, Gonzaga Patriota, Cabo Sabino”, conta o presidente da ASPRA – PE, José Roberto.   A meta é continuar em Brasília (DF) para novas ações.

Segundo José Roberto, a tentativa de separar servidores civis e militares, na manhã de hoje, foi pior. A insatisfação gerou tumulto, especialmente quando tentaram entrar no Anexo II da Câmara dos Deputados. “Não podemos admitir tal tratamento. Fiquei indignado! Estamos na Casa do Povo. Temos nossos direitos de ir e vir”, resume o presidente da ASPRA – PE que foi agredido pelos seguranças do Congresso.

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!