Governo não respeita a tropa: PMs do Sertão estão sem receber diárias há quatro meses

31/08/2015 23:01

Os policiais militares estão cada vez mais insatisfeitos e revoltados com o desrespeito por parte do Governo do Estado. Principalmente, os que abandonam seus lares na Capital e estão lotados no Gati, Ciosac, Programa Reflorestar e Polígono do Sertão. Ele estão sem receber diárias há quatro meses. A denúncia foi encaminhada a Associação de Praças de Pernambuco (ASPRA-PE).  Esses PMs são os que garantem a segurança no sertão pernambucano, especialmente no combate ao tráfico de drogas.

A situação vivida pelo efetivo é considerada crítica. Longe de casa e da família, sem condições de se manterem, apareceram diversas dificuldades na manutenção das suas contas pessoais. Enquanto isso, diariamente, o Estado cobra o cumprimento das metas, usando na mídia o carro-chefe (PACTO PELA VIDA), combatendo e diminuindo a criminalidade do Estado,  sem valorizar os profissionais de segurança que arriscam suas vidas em cada missão.

A categoria clama por uma atitude, inclusive medidas judiciais contra o estado. A ASPRA – PE deve tomar as providências cabíveis e entrar em contato com as autoridades competentes. Num momento de tamanha fragilidade que a tropa está, a falta de pagamento das diárias é mais um, dentre os inúmeros problemas que a categoria vem enfrentando e que resulta na total falta de estímulo para o trabalho.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!