Diretor da Aspra Pernambuco questiona a unificação das polícias

04/06/2016 16:01

 

“Há anos que participo desses movimentos em prol da unificação das polícias e até o momento nada foi feito”, questionou o diretor da Associação de Praças de Pernambuco (ASPRA – PE), Luciano Falcão, ao proferir sua fala durante o I Encontro de Entidades Militares do Nordeste que acontece na Assembléia Legislativa do Estado do Ceará. As palavras de Falcão foram direcionadas ao presidente da Comissão Especial destinada a estudar e apresentar propostas de unificação das polícias civis e militares – CEUNIFI da Câmara dos Deputados, o Deputado Federal Delegado Edson Moreira (PR/MG).

O Encontro começou ontem (03.06) e segue até amanhã (05.06). Além da unificação, também estão sendo debatidos temas como desmilitarização, promoções, saúde, remuneração, carga horária, EPIs, previdência, código disciplinar e formação. O evento foi idealizado pelo Deputado Federal Cabo Sabino (PR/CE) e reúne líderes de diversas entidades representativas de praças e oficiais do Nordeste como Pernambuco, Paraíba, Maranhão, Rio Grande do Norte, além de políticos.

Para Sabino, é preciso discutir a segurança pública, sob o olhar de quem a faz, de quem está na rua, não apenas pela vista dos gestores. O objetivo é construir estratégias para dar visibilidade as questões em âmbito nacional. “Assim, encontramos soluções para conquistar garantias de nossas corporações e diminuir índices de criminalidade”, diz o parlamentar ao lembrar que, dos nove estados do Nordeste, seis estão entre os mais violentos do País.

Para Falcão, a Aspra Pernambuco fez questão de atender ao convite do Deputado Cabo Sabino para participar do Encontro, por entender que é uma excelente oportunidade para unir as associações, compartilhar idéias e criar estratégias para o fortalecimento das Corporações. Além de fortalecer o Nordeste.  

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!