Adeus a uma guerreira: morre Eliane Muniz Falcão

19/11/2015 12:58

“Para mim, bala é confeito e faca é picolé”. A polêmica expressão, era uma das preferidas da policial militar Eliane Muniz Falcão, falecida, hoje de manhã (19.11) por complicações provocadas pela diabetes.  A “ruiva”, como era conhecida, foi uma das precursoras no movimento de luta dos militares estaduais. O enterro será nesta sexta-feira (20.11), às 10h da manhã, no Cemitério de Camaragibe.

Corajosa, guerreira, destemida, Eliane vem de uma família de PMs. Ajudou a fundar a Associação de Cabos e Soldados (ACS – PE) e, durante toda a sua trajetória como diretora, dedicou a vida na defesa da tropa, participando ativamente de movimentos pelo Brasil, principalmente em Brasília (DF), focando a aprovação da PEC 300.

 A Associação de Praças de Pernambuco (ASPRA-PE) está de luto. Tanto o presidente, José Roberto Vieira, como o diretor Luciano Falcão tiveram a oportunidade de trabalhar junto com Eliane, quando os mesmos integravam a diretoria da ACS – PE. Acompanharam de perto sua trajetória.

Assim como disse o sargento Jorge Medeiros, em depoimento através das redes sociais, “é com muito pesar que dou essa notícia! Que Deus guarde a sua alma em um bom lugar e conforte os parentes e amigos dessa guerreira que nos deixou nessa manhã do dia 19/11/2015!” Descanse em paz guerreira Eliane Muniz.

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!